• Cris Ávila

Qual é a real importância de conhecer a si mesmo ?

Atualizado: Mar 4

consciência



“CADA CONSCIÊNCIA CRIA A SUA PRÓPRIA REALIDADE”

. Essa é uma afirmação que traz muita reflexão sobre a realidade da vida de cada ser humano. Nem sempre compreendemos essa responsabilidade sobre o que nos acontece, nós gostamos de justificativas que sempre colocam a realidade como difícil ou ruim, como um resultado do mundo externo, do outro ou do que está fora de nós. Respire... e acolha essa consciência!

A vida é feita de DESAFIOS EVOLUTIVOS, ou seja, tudo que acontece de forma negativa ou positiva é por um único motivo: fazer você CRESCER NO INTERIOR. A maioria de nós, passa o tempo de vida sem se dar conta dessa escolha individual e totalmente consciente que é querer “mudar e melhorar” a nossa realidade. Transformar-se. Gosto muito de lembrar de uma frase que disse a mim mesma, quando na minha Jornada de Autoconhecimento, cheguei a conclusão de que a vida e a saúde não estavam nada bem na minha realidade.



“Eu construí uma realidade, acreditei nela e depois percebi que não era o meu mundo real”

Quando falei isso para algumas pessoas intimas do meu círculo de amizade, fui alvo de risadas. Nem eu mesma compreendia a profundeza dessa afirmação na época, o que é o MUNDO REAL?; então mergulhei no fundo do poço, na noite escura da alma para encontrar uma chama interior que me despertasse. O ano de 2010 foi decisivo para minha TRANSFORMAÇÃO INTERIOR. Eu Estava completamente sem chão! Como eu poderia abandonar ou modificar a minha própria construção de uma vida de 47 anos ?


Respirei... e acolhi essa consciência! Só sei que foi assim.... primeiro paralisei, depois derrubei a casa interior e exterior, com muito CUIDADO, para não machucar a mim e aos outros que estão inseridos e fazem parte dessa REALIDADE.

E Como foi o projeto da nova construção ?



Para reformar é preciso DESAPEGAR e DESCONSTRUIR, e isso não é nada fácil !

Foi preciso CORAGEM para reconhecer todos os meus defeitos, sombras, escuros, sujeiras e impurezas que eu não queria mais usar e repetir na Nova Casa Interior.

Foi preciso CONFIANÇA em um propósito de SER MELHOR, de tomar posse da minha força interior e para caminhar por terrenos desconhecidos, na zona de desconforto com situações diferentes, adversas e com pessoas novas e estranhas ao meu contexto “conhecido”. Praticamente é uma permissão interna para caminhar no escuro, no vazio, na água das emoções... super complexo e totalmente necessário na jornada de AUTOCONHECIMENTO. Caminhar sem pressa, com amorosidade e ATENÇÃO PLENA a todos os sinais dentro e fora de si mesmo.


Foi preciso CRIATIVIDADE para criação de novas formas, de novos grupos de convivência, de novos quereres e prazeres sem autojulgamento, sem autocrítica, sem autosabotagem. sempre que entrava na resistência ou rigidez com o novo, me lembrava da minha afirmação de 2010 e reforçava com o desafio “Lembre-se, a mente mente, siga o coração”.


Foi complexo sair da mente virginiana, lógica, organizada, rígida e cheia de controles e criar novas sinapses em total PRESENÇA para pensamentos, sentimentos, expressões e ações com a LUZ DA CONSCIÊNCIA.


Eu senti na pele a real importância de conhecer a si mesmo, eu venho permitindo a TRANSFORMAÇÃO INTERIOR, e você?


Texto Cris Ávila

Data 23.02.2021

#consciência

Posts recentes

Ver tudo